16
Ago

A repaginada do tie-dye. Melhor do que nunca

Sem dúvidas você conhece o tie dye e, numa espécie de DIY, já deve até ter se divertido um pouco com as tintas e cores. O que talvez você ainda não saiba é que ele invadiu as grandes grifes e mais ainda, sua história é bem antiga…

Tudo começou como forma de ato politico. A década era de 1970 e a subcultura hippie, que defendia uma maior inclusão social, luta contra o racismo e comunhão com a natureza, ganhava uma maior proporção, dando vazão a personalidades como Janis Joplin e Jimi Hendrix, cujos se tornaram grandes percursores dessa tendência, que saiu do campo politico e foi parar nas passarelas.

A trend teve seu ápice na década do Woodstock, seu declínio veio nos anos 90 e nessa nova era, seu retorno. Uma repaginada tão sensível e bem trabalhada que acabou invadindo as maiores passarelas das semanas de moda, indo muito além de uma t-shirt customizada.

O conjunto de tie-dye surgiu dominante, ele apareceu em desfiles como Dries Van Noten, Pacco Rabanne e Chloe, seja em cores complementares ou em uma especie de color blocking. Combine as peças com acessórios mais pesados, como os creapers ou coturnos (aquele bem grunge), trazendo um mix de referências e culturas,o que é a cara da sociedade pós moderna. Entre as celebridades hoje adeptas temos Gigi Hadid, Kendall e Kylie Jenner, Paris Jackson, Chiara Ferragni, entre outras.

e eu, hahaha <3

O que mais chama atenção é que, dessa vez, o grafismo não aparece limitado em camisetas, caças, blusas e até ternos estão sendo confeccionados a partir dessa técnica, é só escolher aquela peça que mais combina com sua personalidade ou brincar com os conjuntos.

E aí, o que você acha do tie-dye? Comenta aí!

Até o próximo…

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários

11
Jun

O show de horrores da Moschino!

O terror não está famoso apenas nos cinemas, com diretores de renome como Jordan Peele e Stephen King e longas premiados como ”Nós” e ”Corra”, essa tendência também dominou as passarelas, onde Jeremy Scott, apresentou uma ”assustadora” coleção na gripe italiana, Moschino. Para o estilista mais pop da cena, não há regras e dessa vez ele provou que essa teoria é real.

Talvez a temporada Cruise – ou resort – não tenha sido a melhor escolhida para apresentar a coleção que foi desfilada em Los Angeles, no Universal Studios que teve a abertura reencenando o clássico “Pânico” que conta com a participação de Drew Barrymore.

O primeiro bloco do desfile é o que menos me chama atenção, com looks que me parecem figurinos e particularmente, não me agrada muito. Já o segundo e terceiro bloco nos apresenta formas volumosas, sapatos pesados dando ênfase no corturno, além de uma homenagem aos clássicos, com personagens de O Iluminado servindo de padronagem.

Os acessórios, como sempre, dominam a passarela e são o que fazem nossa respiração ficar ofegante. Com bolsas que eu facilmente poderia afirmar terem sido feitas pelo nosso brasileiro Luan Zumbi, os acessórios são o ponto chave da coleção, mostrando todo o poder criativo de Jeremy Scott que assinou a coleção inteira.

E aí, o que vocês acharam dessa coleção? Eu já quero várias peças hahahah e como o trend setter Jeremy Scott disse ” Para nós, é Halloween o ano todo”

Comenta aí o que você achou!

Até o próximo…

XOXO

 




Compartilhe:

0 Comentários

22
Mai

5 acessórios que definitivamente serão trends nesse inverno

Em tempos onde um lado defende o resgate do clássico e o outro lado luta pela exacerbação do que é excêntrico camp (como foi o último MET gala), será comum o surgimento de trends um pouco controvérsias. Graças ao Minimalismo vs Maximalismo, cuja ‘’luta’’ parece que nenhum lado perde, as permeiam entre o que há de extravagante e elegante, trazendo duas palavras que definem muito bem essa temporada: polimento e refinação.

Portanto, guarde aquele daddy shoes tipo Balenciaga e dê espaço para o salto Mary Jane, as botas a cima do joelho e ao elegante gatinho. Por outro lado, invista naquela bolsa de ombro no estilo burguês dos anos 70, que pode ser usada transversalmente ou uma mão elegantemente cuidada como na Prada. Sim, coisa de burguês mesmo rs.

Os chapéus, nunca pareceram tão interessantes (amo o drama que carrega) e as estampas de cobra (inúmeras em versões falsa) roubam total o mood animal print e as pérolas ganham espaço e solidez, em brincos, colares e tiaras. Enfim, vamos à lista:

 

1 – BOTAS SUPER PESADAS

O estilo grunge com certeza continuará firme com os dois pés e com ele, surgem as botas pesadas e tratoradas. Com correntes, bolsos e tiras transpassadas, as botas da Prada agregam uma atitude destemida ao look, já Dries Van Noten parecia ansioso para inaugurar as botas de borracha na plataforma. Tudo muito carregado.

 

Dries Van Noten

 

Dior

 

Alexander McQueen

 

Loewe

 

2 – SALTO MARY JANE.

É exatamente esse o sapato que aparece em reação as botas grunge. O refinamento que reina através daqueles acessórios tradicionalmente femininos, ganha foco em desfiles como Dolce & Gabbana, Bottega Veneta, Dior e – meus favoritos – na Miu Miu.

Dolce & Gabbana
Hermes

 

Miu Miu

 

Maison Margiela

 

Paco Rabanne

 

3 – Os mega brincos de pérola 

Dê graças aos filmes ”A Favorita” e ”The Queen Mary of Scots” pela predominância das pérolas nas passarelas. Realmente parece que os designers só conseguiram olhar para estes filmes. Em tempos de mix de um antiquado chic, como sabiamente pontuou Costanza Pascolato à Vogue Brasil, não ia demorar muito para as pérolas extremamente barrocas voltarem a dar as caras e foi em desfiles da Chanel e Dolce & Gabbana que elas ganharam terreno.

Emilia Wickstead

 

Chanel

 

 

4 – OS MAIS VARIADOS TIPOS DE CHAPÉUS

Para e pensa em todos os nomes de chapéu que você possui na sua memória… vai por mim, as passarelas de outono dobraram tudo isso. De baldes à caçadores de veados, fedoras à toucas de natação e gorros. Parece que realmente tem espaço para todo mundo, né?

Dior

 

Nina Ricci

 

Louis Vuitton

 

5 – A bolsa transpassada total anos 70

Hedi Slimane causou polêmica ao entrar na Celine (sim, sem acento) porém, parece que agora ele se encontrou na maison. Revisitando os arquivos da Grife, Hedi nos trouxe um canfona chic, um antiquado que choca e que além de tudo, se mostrou muito interessante, ainda mais pela redenção que trouxe de volta, com força máxima as bolsas com alças compridas da era dos anos 70, assim como usava a burguesia francesa. Com o objetivo de deixar as mãos livres, como pede a praticidade, vamos às melhores opções:

Celine

 

Givenchy

 

Michael Kors

 

E aí, o que acharam do que nos aguarda, hit ou flop? Comenta aí!

Até o próximo…

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários

15
Mai

Kim Kardashian & Paris Hilton: BFF’s ou nem?

A long time ago, Kim Kardashian fazia de tudo para aparecer em uma foto com a então ”amiga”, Paris Hilton. Era os anos 2000 e nem preciso relembrar a turma Paris Hilton, Lindsay Lohan e Britney Spears, né? Rainha dos holofotes e it-girl favorita dos paparazzis, a loira poderia ser o ponto de partida para Kim entrar de vez  mundo do entretenimento e cultura pop. Talvez, ela não estivesse errada, mas o que ela não sabia era que ela se tornaria uma das pessoas mais famosas do planeta, influenciando milhares de jovens através de selfies, campanhas publicitárias  e acumulando mais de 100 milhões de seguidores no Instagram, sendo incomparavelmente maior do que a própria Paris, seja em números, conteúdos e alcances.

Sob o comando de Kris Jenner, mãe e relações públicas, cuja sempre foi muito amiga da família Hilton, Kim subiu degrau por degrau na ascensão social e ainda fez a carreira de todas as irmãs (por favor, não me diga que você duvida disso) construindo um império, que juntas, soma mais que bilhões de dólares.

Com muita inteligência e time comercial, Kim elevou o sobrenome Kardashian a outro patamar, se mostrando muito mais relevante – e profissional – para a cultura pop, do que Paris Hilton sempre aparentou (sem nunca desmerecer o papel de Paris, pois assumo que sou fã, rs), cuja, em diversas entrevistas afirma que Kim e sua família a deve a vida, pois ela ”inventou” Kim Kardashian. Não podemos negar que Paris teve papel primordial na criação da imagem da protagonista de Keeping up with the Kardashian’s, entretanto, Kim se manteve sozinha e mais ainda, está cada vez mais cotada para os eventos e premiações mais seletas desse mundo, do qual ela representa. AUGE!

 

Águas passadas, parece que as celebridades voltaram a ter a amizade de antes, ou até um pouco mais real, onde Paris é frequentemente vista ao lado de Kim, visitando sua casa e participando de comemorações da família Kardashian, onde até o ano novo elas passaram juntas e anunciaram para o mundo a volta dessa amizade que, na verdade, ninguém superou o ”fim”. Pode ser que Paris queira embarcar na influência da tal amiga e reconquistar seu lugar nos tabloides (o mundo dá voltas, né? cuidado hahah)  como pode ser que ambas tenham se entendido e mais maduras, voltaram a ter a relação de antes.

Recentemente, Paris Hilton lançou a música #BestFriendsAss, cujo clipe, terá a participação de sua melhor amiga (alô Nicole Richie) Kim Kardashian, onde juntas, com roupas iguais ( clara alusão ao aniversário de Paris de 21 anos em que ela usou um micro vestido de swarovski e Kendall Jenner usou um look mega parecido, também em seu aniversário de 21, mais de 10 anos depois) estarão festejando e celebrando essa união. Que a família Kardashian & Hilton tem uma longa história juntas, é fato, agora me fala aí, o que esperar dessa amizade???

 




Compartilhe:

0 Comentários

29
Mar

O olhar de Rei Kawakubo e a importância da Comme des Garçons

Aos 76 anos, dona de um pensamento visionário através do intelecto, Rei Kawakubo não é só uma criadora excepcional, com 30 anos de mercado através de sua grife Comme Des Garçons ela segue muito radical, através de sua silhueta quase improvável ela ainda carrega a essência pela qual ficou conhecida: a antimoda.

Dita como ‘’a provável mais importante designer de moda do mundo’’ pelo jornal The Guardian, ela também foi a segunda estilista viva a ganhar uma retrospectiva de sua obra no Metropolitan Museum of Art, há dois anos (homenagem que apenas Yves Saint Laurent teve em vida). Com um olhar sempre surreal das proporções, a japonesa, que raramente dá entrevistas, comentou recentemente a Vogue Inglesa que está cansada, que possui muitos funcionários para ordenar e que se fosse sozinha, já teria parado.

Casada desde 1992 com Adrian Joffe, que é seu porta voz toda vez que ela precisa falar com alguém que não fale japonês, ela cria e molda seu trabalho através de um talento conceitual que resultou em uma marca que hoje vale 220 milhões de dólares.

Foi através dessa técnica surreal, que mistura uma silhueta dos anos 1700 com um xadrez grunge, que essa artista visionária (cuja não gosta de ser chamada assim e já afirmou que moda não é arte) conquistou o título de antimoda nos anos 80, pois nunca seguia a moda da época – ou de época alguma – e fez o que menos queria: revolucionou a nossa forma de olhar para a moda, o corpo, a realidade e o mundo em si, seja pela proporção não usável de seus ‘’vestidos’’ ou pelas criações de peças que não sei se podemos chama-las de roupas.

Rihanna usando criação de Rei Kawakubo no MET 2017

Talvez seja ironia do destino, porém, hoje ela não perde uma temporada de Paris e é sempre um dos desfiles mais comentados da semana. Submetida a um talento que clama mais do que um senso comum, a pequena japonesa, com um gigante cérebro, sempre vestida de preto, Rei Kawakubo fez/faz história à frente de seu tempo e esperamos ansiosos pelo o que ela ainda tem a fazer.

Comenta aí o que você acha de Rei Kawakubo e a Comme des Garçons!

Até o próximo…

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários

01
Nov

This is Halloween! As fantasias das famosas neste Halloween e ideias para se inspirar

Hey, Witches! Mais um Halloween comemorado, e assumo que é a festa que eu mais amo no ano! Como sempre, lá fora, as produções e decorações são as mais incríveis possíveis, porém muitos brasileiros deram o nome esse ano no quesito fantasia… Hoje vamos falar sobre as melhores fantasias de Halloween, o que também pode servir de inspiração para aquela última festa da temática, no final de semana.

As irmãs Kardashian-Jenner simplesmente arrasaram na fantasia de Angel da Victoria’s Secret ( para a Kendall não deve ter sido muito difícil, né? kkk) com direito a quilométricas asas de plumas brancas, as irmãs bombaram o instagram nesse dia de festa.

Já Kylie Jenner, nos mostrou uma fantasia maravilhosa de borboleta, cuja combinava com a de sua filha Stormi, trazendo a confirmação de que a caçula realmente não brinca em serviço. (Sem contar a de Barbie, o que já havia sido feito por Paris Hilton há alguns anos)

Quem todo ano também mostra produções e decorações impecáveis é a Paris Hilton, e como tem muuuuita coisa, é mais fácil você entrar no Instagram da socialite clicando aqui,para conferir tudo.

Já as brasileiras que arrasaram, vale ressaltar duas delas: Deborah Secco e Aghata Moreira (menina prodígio que arrasa em tudo o que faz). A primeira, mãe de Maria Flor, hitou na fantasia de Malévola, enquanto a filha estava a coisa mais fofa de bruxinha.

 

 

Aghata, pela leitura que fiz, arrasou num ‘’quase remake’’ de ‘’Carrie, a Estranha’’ da forma mais moderna e individual possível.

Vamos finalizar esse post, com a make da blogueira Tete Clementino, numa releitura incrível de ”A Freira”

Mostra aí a sua produção para esse Halloween, usa #garotosurbanos lá no insta que eu quero ver tudo!!

Até o próximo…

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários

21
Set

Savage X Fenty e o melhor final ja visto num desfile

 

Foto: independet.ie

Dia 13 de setembro New York parou para ver e comentar sobre o desfile da Rihanna para sua marca Fenty durante a NYFW. Com uma inclusão sem esforço a dona do hit ”Love on the Brain” apresentou, de fato, um show com uma liberação, libertação e celebração do corpo feminino (através do diversificado casting de modelos) que é gritado ao decorrer do desfile.

A locação que mais parecia uma gigante estufa, ou uma floresta digital (porém com plantas reais) foi o palco para o desfile mais artístico da temporada.

Foto: SavageXFenty

Segundo a Vogue America, Rihanna apresentou algo inclusivo, positivo, e sensualmente livre de rótulos. Elle classificou o desfile como ” diferente de tudo que a industria da moda já viu”

O casting, como citado antes, era o mais atraente possível, contendo uma gama de dançarinos, alguns recém chegados de rua e nomes de peso, como as veteranas Gigi e Bella Hadid e Joan Smalls ( que eu amo, aff!). O objetivo disso tudo era levantar o questionamento sobre o que é sexy, pois não devemos se esquecer de que se trata de um desfile de lingeries, e modelos de todas as idades, tamanhos e condições – digo isso pois algumas delas estavam grávidas- apareceram fenomenais na passarela.

Foto: Getty

Quanto as peças desfiladas, nada muito inovador, porém seguras de que amadas e compradas por diferentes mulheres. As cores variaram entre tons pastel a cores vibrantes como o rosa, o verde limão, azul e amarelo (tudo neon, como pede a maior tendência do momento)

A mistura perfeita de moda, dança, e música se encerra com a fila de meninas de mãos dadas para a entrada de Rihanna no maior estilo ”Bad Gal” possível, deixando a todos fascinados com a apresentação e mais importante ainda: com uma questão social para refletir.

Comenta aí o que acharam do desfile!

XOXO

 




Compartilhe:

0 Comentários

03
Set

Inspirações dos 90s que estão super em alta

 

Os anos 90 continuam super em alta, e na moda não poderia ser diferente, então se você tem aquela camisa logo ou uma calça santropê de modelagem larga, chegou a hora de tirar essas peças do seu closet! Então, vamos começar uma listinha de coisas para se inspirar:

 

CAMISA / T-SHIRT LISTRADA

Quem nunca assistiu ”Um maluco no pedaço” e viu o Will e seu amigo desfilando looks pra lá de excêntricos? e chegou nossa vez!! Além de camisetas, o listrado também está muito presente em calças, bermudas e shorts, em derivadas paletas de cores.

 

DAD/UGLY SNEAKERS

Quer você goste ou não, os Dad sneakers ou Ugly sneakers (o nome já fala por si só) estão SUPER em alta – e ainda vão durar um pouquinho – e vamos admitir que esse Balenciaga é INCRÍVEL e, logo após o lançamento do tênis na marca, muitas outras (como a Louis Vuitton) também apostou na tendência  e vem dando tão certo que você já os encontra em lojas como Riachuelo, Dafiti e etc

 

POCHETE

A pochete ainda não chegou no seu fim e usa-la transpassada dá um toque super descolado ao look, deixando-o moderno na medida certa. Aposte em peças pequenas e se tiver o logo da marca, melhor ainda!

 

 

CALÇA DE MODELAGEM LARGA

Esqueça, só um pouquinho, sua calça skinny no closet e resgate aquela calça de cintura alta e modelagem larga e oversized  se for aquele jeans surrado e clarinho melhor ainda!

 

LOGOMANIA

 

Essas são algumas das peças que estão super em alta agora! Claro que você usa aquilo que te agrada mais, porém  se você gosta de moda e gosta de estar por dentro das tendências, não custa dar uma ohadinha, né?

 

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários

26
Abr

6 ideias de looks para usar com bota branca

Dando uma pausa na semana de moda, vamos falar um pouco sobre a bota branca, acessório hit internacional que continua fortemente tendo muitos adeptos. Nesse post trago algumas ideias de looks para usar a famosa peça;

Camila Coelho durante a #PFW

Amei esse coturno mais pesado com o conjunto quadriculado (forma que está bem em alta também)

 

Até o próximo…

XOXO

 




Compartilhe:

0 Comentários

04
Abr

Por que Paris Jackson está se tornando a mais nova queridinha? Te damos bons motivos para você entender

Acho que muitos de vocês já repararam que ultimamente a presença do nome ”Paris Jackson” tem sido frequente em muitos lugares (inúmeras aparições, várias matérias falando sobre ela, etc). Logicamente isso é mais do que compreensível, pois como herdeira da realeza pop, ela já tem lugar cativo.
Mas vamos falar do porquê, ou melhor, dos porquês que ela está se transformando na mais nova queridinha dos fashionistas e mais ainda, muitos se dizem fã da filha de Michael Jackson. Segue a lista:

1 – Vamos começar pelo divino vestido Dior que ela cruzou o red carpet do VMA em 2017, porém, sem abandonar sua aurea hippie, ela apareceu descalça,
2 – Selfie com Paris Hilton, cuja era muito amada pelo rei do pop, em seu aniversário de 37 anos, com uma almofada escrito ”Paris”
3 – Afilhada de Macaulay Culkin e Elisabeth Taylor, Paris Jackson é a mais nova embaixadora da AIDS Fundation, criada pela madrinha em 1991
4 – Além de ídola, Paris também é fã e foi graças a um tweet para seu ídolo, Snoop Dogg chamando-o de herói, que Paris foi convidada para participar de seu vídeo clipe.

Sem contar o rumor que está rolando de que a top model Cara Delevingne é sua mais nova namorada. Não sei vocês, mas eu já shippo demaaaaais!!!

Aproveita pra seguir a mais nova it-girl no Instagram, cuja já acumula mais de 2 milhões de seguidores… e ainda a tempo: Happy Birthday, P <3

 

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários