27
Jan

Dossiê G.U – As tendências masculinas internacionais para o inverno 2018

Hoje-em-dia tudo é muito rápido, no mundo da moda não poderia ser diferente. Novas coisas surgem todos os dias e somos obrigados a nos adaptar com uma nova realidade, grande parte disso, graças a internet que tanto amamos. A moda segue essa lógica, e já temos disponível as tendências internacionais do inverno 2018

Wood Wood –  Milão

Gola Alta: Para quem quiser deixar o cachecol em casa, as marcas estão apostando em gola alta, podendo variar de tamanho e espessura, tento umas que são mais leves e outras mais pesadas, dando uma proteção maior, como no caso da Balmain

 

Sobreposição: Foi a maior tendência em Londres. O inverno europeu é sempre muito forte, então a regra é não passar frio, e a sobreposição, que nada mais é do que peças de diferentes tamanhos uma em cima da outra, traz bem a ideia de não passar frio nas ruas!

 

Mangas compridas: O que começou com a Vetements ganhou grande espaço no fashion week de Milão. O comprimento das mangas está muito mais do que o normal, ultrapassando consideráveis centímetros do punho, dessa vez não apenas por estética, mas para manter aquecido também.

 

Tricô: Também vindo de Londres, principalmente da coleção da Vivienne Westwood que trouxe muitos cardigãs, tricôs e tramas, nas suas peças.

 

Peças Almofadadas: Houve peças na Alta Costura da Chanel que tiveram almofadados, mas foi na semana de moda masculina que apareceu com força, em grifes como a Fendi ( que também tem Karl Lagerfeld como diretor criativo) Versace e Dolce e Gabbana.

 

 

 





Compartilhe:

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *