16
Ago

A repaginada do tie-dye. Melhor do que nunca

Sem dúvidas você conhece o tie dye e, numa espécie de DIY, já deve até ter se divertido um pouco com as tintas e cores. O que talvez você ainda não saiba é que ele invadiu as grandes grifes e mais ainda, sua história é bem antiga…

Tudo começou como forma de ato politico. A década era de 1970 e a subcultura hippie, que defendia uma maior inclusão social, luta contra o racismo e comunhão com a natureza, ganhava uma maior proporção, dando vazão a personalidades como Janis Joplin e Jimi Hendrix, cujos se tornaram grandes percursores dessa tendência, que saiu do campo politico e foi parar nas passarelas.

A trend teve seu ápice na década do Woodstock, seu declínio veio nos anos 90 e nessa nova era, seu retorno. Uma repaginada tão sensível e bem trabalhada que acabou invadindo as maiores passarelas das semanas de moda, indo muito além de uma t-shirt customizada.

O conjunto de tie-dye surgiu dominante, ele apareceu em desfiles como Dries Van Noten, Pacco Rabanne e Chloe, seja em cores complementares ou em uma especie de color blocking. Combine as peças com acessórios mais pesados, como os creapers ou coturnos (aquele bem grunge), trazendo um mix de referências e culturas,o que é a cara da sociedade pós moderna. Entre as celebridades hoje adeptas temos Gigi Hadid, Kendall e Kylie Jenner, Paris Jackson, Chiara Ferragni, entre outras.

e eu, hahaha <3

O que mais chama atenção é que, dessa vez, o grafismo não aparece limitado em camisetas, caças, blusas e até ternos estão sendo confeccionados a partir dessa técnica, é só escolher aquela peça que mais combina com sua personalidade ou brincar com os conjuntos.

E aí, o que você acha do tie-dye? Comenta aí!

Até o próximo…

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários

21
Set

Savage X Fenty e o melhor final ja visto num desfile

 

Foto: independet.ie

Dia 13 de setembro New York parou para ver e comentar sobre o desfile da Rihanna para sua marca Fenty durante a NYFW. Com uma inclusão sem esforço a dona do hit ”Love on the Brain” apresentou, de fato, um show com uma liberação, libertação e celebração do corpo feminino (através do diversificado casting de modelos) que é gritado ao decorrer do desfile.

A locação que mais parecia uma gigante estufa, ou uma floresta digital (porém com plantas reais) foi o palco para o desfile mais artístico da temporada.

Foto: SavageXFenty

Segundo a Vogue America, Rihanna apresentou algo inclusivo, positivo, e sensualmente livre de rótulos. Elle classificou o desfile como ” diferente de tudo que a industria da moda já viu”

O casting, como citado antes, era o mais atraente possível, contendo uma gama de dançarinos, alguns recém chegados de rua e nomes de peso, como as veteranas Gigi e Bella Hadid e Joan Smalls ( que eu amo, aff!). O objetivo disso tudo era levantar o questionamento sobre o que é sexy, pois não devemos se esquecer de que se trata de um desfile de lingeries, e modelos de todas as idades, tamanhos e condições – digo isso pois algumas delas estavam grávidas- apareceram fenomenais na passarela.

Foto: Getty

Quanto as peças desfiladas, nada muito inovador, porém seguras de que amadas e compradas por diferentes mulheres. As cores variaram entre tons pastel a cores vibrantes como o rosa, o verde limão, azul e amarelo (tudo neon, como pede a maior tendência do momento)

A mistura perfeita de moda, dança, e música se encerra com a fila de meninas de mãos dadas para a entrada de Rihanna no maior estilo ”Bad Gal” possível, deixando a todos fascinados com a apresentação e mais importante ainda: com uma questão social para refletir.

Comenta aí o que acharam do desfile!

XOXO

 




Compartilhe:

0 Comentários

14
Nov

Adeus ao tênis branco? O Loafer Mule, tá chegando com tudo!

 

Primeiramente, acho que nunca mais eu digo ”NUNCA”, na moda. Sabe aquela peça que você olha, entorta o nariz e diz ” eu nunca vou usar” e seis meses depois você se pega usando? Então, esse é o caso do Loafer Mule. 

Eu sei, pode ser estranho de primeira você ver esse sapato. E você ainda continua pensando ” Eu nunca vou usar isso” mas eu vou te provar que ele pode ser MUITO fashionista (principalmente os lançados pela Gucci) e dar a cara que faltava para seu look.

 

 

Em 2013, Alexandre Birman, lançou em Paris, uma coleção bapho, recheada de Mules ( high heels ou não) e muita gente duvidou que o calçado ganharia força, novamente. E nomes como Gigi Hadid, Chiara Ferragni e Kendall Jenner, são algumas das it girls que estão apostando no calçado. 

Combine o calçado com  calça Skinny, vestido ou saia midi, para trazer um ar mais sofisticado e moderno para seu look.

Espero que tenham gostado.

Comenta aí o que você achou do Loafer!!

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários

07
Mar

Partiu marte! A coleção interestelar da Chanel

A Chanel apresentou o desfile inverno 2018 hoje, em Paris, no Grand Palais, como de costume. A coleção trouxe os clássicos, como o tweed e as novidades, como as botas de glitter!

Com pegada total anos 60, na beleza da coleção, Gigi desfilou essa estampa clássica da marca, cm faixa na cabeça e cabelo alto para trás. As luvas e sapatos foram todos voltados pro metalizado.

 

O calçado da vez é a bota, de veludo, de couro, acima do joelho, na canela, vermelha (sendo a mais forte) verde musgo, preta ou bege, a bota vai ser muito usada. Na Chanel, ela apareceu um pouco abaixo do joelho, lembrando o clássico sapato chanel com o bico preto, que dá a ilusão de um pé menor, porém, com o tema espacial da coleção, as botas eram preenchidas com glitter.

A fila final da Chanel foi marcada pela decolagem de um foguete, dentro do Grand Palais, deixando claro qual foi a inspiração da coleção, e claro, fechando com chave de ouro!

 

Até o próximo…

XOXO

 




Compartilhe:

0 Comentários

17
Out

Multitalento. Zayn Malik assina coleção capsula para a Versus Versace

zayn+malik+donatella+versace+garotos+urbanos

Cara nova para a Versus: A grife que estava sem diretor criativo desde abril, com a saída de Anthony Vacarello, lançará uma coleção capsula com o ex participante da boy band One Direction, Zayn Malik. O cantor foi o escolhido de Donatella Versace, a quem foi apresentado por Gigi Hadid, queridinha da estilista, para começar uma nova fase da marca, que deseja “conversar com a nova geração”.

Zayn tem a cara dos garotos urbanos de sua idade, e o estilo do cantor conversa muito com o da marca, ambos com uma pegada rock.

zayn-malik-2016-photo-shoot-dazed-garotos-urbanos

Acho que não estou sendo precipitado em dizer que podemos esperar muito couro, roupa justa e fenda dessa coleção!

zayn-malik-gigi-hadid-garotos-urbanos

Agora só nos resta esperar para ver o resultado!

Até o próximo…

XOXO

 




Compartilhe:

0 Comentários

10
Set

Off to #NYFW. Tommy e Gigi

gigi+tommy+nyfw+garotos+urbanos

Posso afirmar com convicção que a Tommy Hilfiger se tornou a Chanel da NYFW. É só começar a semana de moda e ter desfile da grife, que o post vem! Dessa vez não seria diferente, pois na sexta-feira a grife desfilou sua nova coleção, que traz a colaboração da top, Gigi Hadid.

tommy+hifilger+nyfw+junior+rodrigues

O desfile ocorreu no Pier 16, e dessa vez, Tommy armou um parque de diversão ( de verdade) com roda gigante, jogos de fliperama, donuts e pipoca!! O desfile foi aberto ao público e contou com, mais ou menos, 2 mil pessoas. O desfile também foi passado em tempo real em um telão na Times Square.

Seguindo a linha see now, buy now, que briga com a rapidez das fast fashion, as roupas já estão disponíveis para compra, no mesmo lugar que o desfile aconteceu.

la-taylor-swift-at-the-tommy-hilfiger-x-gigi-hadid-fashion-show-at-new-york-fashion-week-20160909

A primeira fila contava com ninguém menos do que a Yolanda Hadid (mae de Gigi), Martha Hunt, Anwar Hadid (irmão de Gigi) Lewis Hamilton e Taylor Swift

Falando sobre a coleção: Gigi trouxe uma pegada navy e college, que já é marca registrada da Tommy, mas claro que a top trouxe a sua pegada sporty, o que deu uma quebrada na tradição da grife!

gigi+hadid+nyfw+tommy+garotos+urbanos

O que acharam do desfile da Tommy na NYFW? Comenta aí!

Até o próximo…

XOXO




Compartilhe:

0 Comentários