11
Jun

O show de horrores da Moschino!

O terror não está famoso apenas nos cinemas, com diretores de renome como Jordan Peele e Stephen King e longas premiados como ”Nós” e ”Corra”, essa tendência também dominou as passarelas, onde Jeremy Scott, apresentou uma ”assustadora” coleção na gripe italiana, Moschino. Para o estilista mais pop da cena, não há regras e dessa vez ele provou que essa teoria é real.

Talvez a temporada Cruise – ou resort – não tenha sido a melhor escolhida para apresentar a coleção que foi desfilada em Los Angeles, no Universal Studios que teve a abertura reencenando o clássico “Pânico” que conta com a participação de Drew Barrymore.

O primeiro bloco do desfile é o que menos me chama atenção, com looks que me parecem figurinos e particularmente, não me agrada muito. Já o segundo e terceiro bloco nos apresenta formas volumosas, sapatos pesados dando ênfase no corturno, além de uma homenagem aos clássicos, com personagens de O Iluminado servindo de padronagem.

Os acessórios, como sempre, dominam a passarela e são o que fazem nossa respiração ficar ofegante. Com bolsas que eu facilmente poderia afirmar terem sido feitas pelo nosso brasileiro Luan Zumbi, os acessórios são o ponto chave da coleção, mostrando todo o poder criativo de Jeremy Scott que assinou a coleção inteira.

E aí, o que vocês acharam dessa coleção? Eu já quero várias peças hahahah e como o trend setter Jeremy Scott disse ” Para nós, é Halloween o ano todo”

Comenta aí o que você achou!

Até o próximo…

XOXO

 




Compartilhe:

0 Comentários

26
Set

#MFW – Moschino verão 2017

Quem pensa em Moschino e não pensa em peças fun? Hoje, essa já é a marca registrada da grife, e no desfile de verão 2017 em Milão, a marca apresentou algo que pode até ser tido como crítico. Depois de batata frita, spray, barbie, urso e etc, chegou a vez dos comprimidos dominarem a passarela! Isso mesmo que você está pensando, Jeremy Scott trouxe remédios em forma de acessórios muito mais do que desejo!

mochino+2017+painkillers+garotos+urbanos

Sem dúvidas, isso é, no mínimo, excêntrico. Muitos falaram que poderia ser uma crítica: A moda como uma doença. Outros, já dizem que é apenas mais uma brincadeira do estilista mais pop da atualidade. Crítica, ou não, sem dúvidas essas bolsas em formatos de cartela de remédio ou de frasco, vão sumir das prateleiras!

E aí, o que vocês acharam da nova coleção da Moschino? Comenta aí! 

 

Até o próximo…

XOXO

 

 




Compartilhe:

0 Comentários

10
Jan

Os nomes para ficar de olho na London Collections

Nessa sexta-feira começou a London Fashion Week Men, e aqui eu vou listar o nome de modelos, grifes e etc para ficar de olho, porque, confia, valerá a pena!

Como a gente sabe, na London Fashion Week as grifes que dominam são Burberry, Alexander McQueen, que também desfila em Paris, e J.W Anderson.

Vamos lá…

Alex

Lucky Blue Smith

download (2)

O rei do Instagram com apenas 16 anos. Lucky conquistou a industria da moda e se tornou queridinho de Donatella Versace e foi considerado o modelo do ano e participou e participará de muuuitos desfiles e campanhas, da qual foi descoberto por Tom Ford

 

Marlon Teixeira 

download (1)

Marlon Teixeira que foi considerado o rosto mais belo pela Espanha, estreou várias campanhas de Maisons importantíssimas, como a Chanel do qual se tornou garoto propaganda e super querido de Karl Lagerfeld. Do qual diz que Karl é um fofo. Com seu corpo exuberante, o brasileiro esbanja sensualidade, elegância e talento nos photoshoots, campanhas e desfiles da qual estrela.

 

Alexander McQueen

ARC0376.450x675

A grife que fez eu me interessar por moda mais Fashion, Conceito, fugindo do Comercial. Conheci Alexander McQueen através de Lady Gaga por conta de seus sapatos icônicos em Bad Romance. Todos lembram, né??

Alexander McQueen cometeu suicídio em 2010, e desde então Sarah Burton que está como diretora criativa da marca que carrega o nome do estilista inglês, que recebeu o título de Cavaleiro da Moda Inglesa, por ninguém menos do que a Rainha Elizabeth

 

Bobby Abley

Bobby-Abley-Little-Mermaid-Spring-2015

A grife ganhou o nome de ” nova aposta da moda” pela FFW e é conhecida por ser uma grife bem juvenil, brincalhona e alegre, da qual sempre traz animações como inspiração. A grife me lembra a Moschino, porém não de uma forma plagiadora, e sim uma forma única de trazer inspiração e roupas combinadas com streetstyle (moletons, mochilas e etc) assim como a Moschino faz…

Aqui em baixo está o calendário da semana de moda masculina de Londres, e já estou ansioso para a de Paris, que na minha opinião é a mais importante.

SEXTA (08.01)

 10h Topman Design

12h Masir Mazhar

15h Craig Green

 SÁBADO (09.01)

7h30 E. Tautz

08h15 Agi & Sam

9h Tiger of Sweden

10h Astrid Andersen

11h YMC

12 Coach

13h Lou Dalton

14h Oliver Spencer

15h Matthew Miller

16h Casely Hayford

17h Sibling

18h Maharishi

DOMINGO (10.01)

8h J.W. Anderson

9h Margaret Howell

10h James Long

11h Richard James

12h Christopher Raeburn

13h Pringle of Scotland

14h Alexander McQueen

15h Moschino

16h KTZ

SEGUNDA (11.01)

8h Paul Smith

9h Xander Zhou

9h45 Katie Eary

10h Christopher Kane

11h Burberry

13h Liam Hodges

14h Bobby Abley




Compartilhe:

0 Comentários

30
Nov

O primeiro menino a protagonizar um comercial da Barbie

Eu já vim falando aqui no blog que até mesmo a mídia pode estar do lado da minoria quando se trata de gênero. E a pergunta que não cala é : O que ainda tem gênero?  Cropped masculino, lingerie masculina, shorts boyfriend… A moda ainda tem gênero? Cor, brinquedo, têm gênero? Na minha opinião NÃO! E parece que a Mattel junto com a Moschino partem da mesma opinião, pois é a primeira vez que um menino protagoniza o comercial da boneca mais famosa do mundo!

maxresdefault

Taylor é agora conhecido como o Moschino Boy e vamos analisar algumas coisas… Ele brincar com bonecas faz desse menino homossexual ? Não necessariamente! A verdade é que uma criança não tem consciência disso, muito menos problema com isso. Ela apenas enxerga como um brinquedo, que infelizmente foi padronizado pela sociedade como ” brinquedo de menina” ou ”brinquedo de menino” o que parece estar chegando ao fim graças a ações como essa.

O menino chama a boneca de PODEROSA no comercial, e não sei se você pensou o mesmo que eu, mas esse menino me lembra muito o próprio Jeremy Scott, um dos responsáveis pelo comercial e diretor criativo da grife Moschino

comercial-da-barbie-com-menino-1

O menino aparece com duas garotinhas brincando, uma loira e outra negra, e é visível que nenhum deles se importam pelo fato de ele ser menino, ou de a garotinha ser negra ou branca. Todos se divertem apenas como crianças, que é o que são. É também a primeira versão da Barbie negra. Sim, temos a Nicky, que é da linha Barbie e que é amiga da boneca nos desenhos, porém não é a própria Barbie.

Parece que o mundo caminha para algo melhor, e que assim seja. Um lugar onde o preconceito não reina, e sim a pureza e o amor…

 

XOXO




Compartilhe:

1 Comentário