21
Set

Savage X Fenty e o melhor final ja visto num desfile

 

Foto: independet.ie

Dia 13 de setembro New York parou para ver e comentar sobre o desfile da Rihanna para sua marca Fenty durante a NYFW. Com uma inclusão sem esforço a dona do hit ”Love on the Brain” apresentou, de fato, um show com uma liberação, libertação e celebração do corpo feminino (através do diversificado casting de modelos) que é gritado ao decorrer do desfile.

A locação que mais parecia uma gigante estufa, ou uma floresta digital (porém com plantas reais) foi o palco para o desfile mais artístico da temporada.

Foto: SavageXFenty

Segundo a Vogue America, Rihanna apresentou algo inclusivo, positivo, e sensualmente livre de rótulos. Elle classificou o desfile como ” diferente de tudo que a industria da moda já viu”

O casting, como citado antes, era o mais atraente possível, contendo uma gama de dançarinos, alguns recém chegados de rua e nomes de peso, como as veteranas Gigi e Bella Hadid e Joan Smalls ( que eu amo, aff!). O objetivo disso tudo era levantar o questionamento sobre o que é sexy, pois não devemos se esquecer de que se trata de um desfile de lingeries, e modelos de todas as idades, tamanhos e condições – digo isso pois algumas delas estavam grávidas- apareceram fenomenais na passarela.

Foto: Getty

Quanto as peças desfiladas, nada muito inovador, porém seguras de que amadas e compradas por diferentes mulheres. As cores variaram entre tons pastel a cores vibrantes como o rosa, o verde limão, azul e amarelo (tudo neon, como pede a maior tendência do momento)

A mistura perfeita de moda, dança, e música se encerra com a fila de meninas de mãos dadas para a entrada de Rihanna no maior estilo ”Bad Gal” possível, deixando a todos fascinados com a apresentação e mais importante ainda: com uma questão social para refletir.

Comenta aí o que acharam do desfile!

XOXO

 





Compartilhe:

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *